20130326

Papa Convida fiéis a abrirem o coração ao perdão de Deus


Abrir o coração à doçura do perdão de Deus. Esse foi o convite do Papa Francisco, na homilia da missa que ele celebrou, na manhã desta terça-feira, 26, na Casa Santa Marta, no Vaticano. O Santo Padre destacou que cada homem vive a "noite de pecador", mas Jesus tem um carinho especial por todos.

Quando Judas sai do Cenáculo para completar sua traição em relação a Jesus, lá fora, como refere o evangelista João, "é noite". A breve reflexão de Francisco partiu desta observação. O Santo Padre explicou que a noite que envolve Judas é também a noite que toca o seu coração. É a pior noite, disse o Papa, a "noite dos corruptos", uma noite definitiva, quando o coração se fecha. Francisco explicou que diferente é a "noite de pecador", que é temporária e de conhecimento de todos. "Quantos dias desta noite já tivemos, quantas vezes a noite chega e fica tudo escuro no coração...", refletiu.

Então Papa Francisco falou da esperança que se alarga e leva a um novo encontro com Jesus, de forma que não se deve ter medo desta "noite de pecador". Segundo o Papa, a coisa mais bela é confessar o pecado e fazer, dessa forma, a experiência de São Paulo, que dizia que a sua glória era Cristo crucificado em seus pecados. "Por que? Porque ele, em seus pecados, encontrou Cristo crucificado que o perdoava", explicou.

E sobre a realidade do perdão, a segunda reflexão do Papa foi sobre o experimentar a doçura do perdão. "Em meio a tantas 'noites', a tantos pecados que nós cometemos porque somos pecadores, há sempre aquele carinho especial do Senhor (…) Tenhamos confiança neste encontro com Jesus e na doçura do seu perdão

Fonte: Canção Nova Noticias
Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário