20150422

A Devoção á Virgem Maria é particularmente mais necessária nestes últimos tempos.

seven santo 25 seridóProfeta dos Últimos tempos. Assim podemos definir São Luiz Maria. No tempo que escreveu o Tratado da Verdadeira Devoção, o grande Santo com certeza foi usado pelo Espírito Santo para exortar a nós que estamos nos tempos atuais.
Naquela época, uma grande heresia se desenvolvia na Europa, particularmente na França, o Janseinismo. Uma heresia que combatia a Devoção á Santíssima Virgem, a Devoção ao Sagrado Coração de Jesus e eram contrários á Comunhão frequente. Era uma versão da heresia de Calvino. Predestinava os seres humanos para o céu ou o inferno. Nota-se então a grande importância desse escrito naquela época.(http://www.montfort.org.br/old/perguntas/jansenismo.html)
E hoje? Que tempos vivemos? A Igreja é combatida, a Devoção á Santíssima Virgem como nunca sofre ataques, até de dentro da própria Igreja. Membros excessivamente escrupulosos, influenciados por idéias protestantes, combatem a Devoção á Virgem Santíssima, aliás, a grande divulgação que o Tratado têm tido nos últimos anos, segue lado a lado com essas heresias. Mas o mundo moderno não se contenta em combater as devoções. O próprio sentido de Deus é combatido. Pelo menos, como a Igreja o ensina. E porque Deus é deixado de lado, como consequência do abandono da Devoção, especialmente á Santíssima Virgem, também o pecado passa a ser exaltado na cultura moderna.
O hedonismo se manifesta na cultura moderna. Sofrimento? Nada disso, apenas prazer. Apenas aquilo que "satisfaz" o momento. Sexo fora do Casamento, sem compromisso, antinatural, farras das mais diversas...  Até na Igreja, nós somos assaltados mais do que nunca por esses males. Os jovens Católicos são combatidos por tentações como nunca. E são verdadeiros heróis aqueles que conseguem manter a Castidade, e até felizes, os que, apesar de algumas quedas, ainda conseguem viver conforme o ensino tradicional da Igreja. Já diz o Apóstolo São João: "Sabemos que somos de Deus, e que o mundo jaz sob o maligno"(1Jo5,19). Mais do que nunca precisamos "colocar o machado á raiz das árvores"(Mat 3,10) dos nossos maus hábitos para extirpar de nós toda mancha de pecado. Devemos ser "violentos por Amor ao Reino de Deus"(Mat 11,12). Quem melhor que a Virgem Santíssima pode nos guiar melhor por esse caminho? Ela a "Cheia de Graça"(Lc 1,26ss), por excelência?
A Consagração á Santíssima Virgem Maria, é, sim muito mais necessária a nós que vivemos nos últimos tempos. "Todos os ricos do povo(Sl.44,13)-para me servir da expressão do Espírito Santo, segundo a explicação de S.Bernardo- "suplicarão a vossa face pelos séculos afora" e especialmente, no fim do mundo. Isto, é, os maiores santos, as almas mais ricas em graça e em virtudes serão as mais assíduas em orar á Santíssima Virgem e em ter sempre presente como perfeito modelo que desejam imitar e poderoso auxílio que as pode socorrer"(TVD 46). É o meio que o Espírito Santo nos dá para recebermos a Graça de Deus e perseverar nela. Convido você, caro irmão ou irmã que lê este humilde texto, escrito por essa alma miserável, a fazer esta Consagração, e caso, seja consagrado a viver com radicalidade a busca pela santidade. Nossa Mãe querida nos abraça e nos protege no seu manto. Ela nos defende em nossas tentações, e caso, caiamos, nos dará sua mão para nos levantar.



Santa e Imaculada Senhora, quero aqui vos louvar, pois apesar de minhas misérias, tenho perseverado. Tens sido meu apoio e amparo nas lutas do dia-a-dia. Vos dedico de coração essas linhas na esperança que almas devotas, ao lê-las, reconheçam em vossa admirável Devoção, aquilo que precisam para ser mais fiéis ao vosso divino filho. Amém.  "Tendo Confiança em vós, ó Mãe de Deus, serei salvo, tendo vossa proteção, não temerei. Com vosso auxílio combaterei meus inimigos e os porei em fuga, pois vossa Devoção é Arma de Salvação que Deus dá a quem quer salvar"(São João Damasceno, TVD 182).


Por: Cesar Augusto


Catholic Nerds - PE

Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário