20150706

Clube do Livro I: A invasão Vertical dos Bárbaros

InvasaoVerticalDosBarbarosAlgumas pessoas possuem o dom de perceber certas nuances de mudanças profundas na sociedade muito antes das mesmas ocorrerem. É um dom, que em determinados casos, poderia até ser chamado de profecia! Encontramos essas pessoas nos mais variados ofícios, mais em especial na literatura. Autores como George Orwell, Aldous Huxley e o nosso Machado de Assis por exemplo, tinham esse dom, e escreveram obras que pareciam, e parecem antever o futuro. Esse é o caso do livro, ou manifesto, (como o próprio autor faz questão de afirmar) - A invasão Vertical dos Bárbaros do filósofo Mário Ferreira dos Santos. A obra chegou em minhas mãos através do também filósofo Olavo de Carvalho, segundo o qual sua obra sofreu grande influência do Mário. Nesse livro, escrito na década de 60, o autor consegue detectar os "sinais" da decadência da nossa sociedade, ainda durante o Regime militar. Todos os nossos problemas atuais, são "diagnosticados" por Mário, como doenças, ainda em seu estágio inicial! O livro todo, fiquei imaginando, com pesar, do quão teria sido bom para o Brasil se sua obra tivesse sido lida a tempo de evitar o degradação cultural a qual nos encontramos hoje. A invasão Vertical dos Bárbaros, leva esse nome em referência as famosas invasões bárbaras que levaram ao fim do império Romano. Invasões essas, como o próprio título diz, também se deram "intra muros", com a barbarização também da própria sociedade romana e de seus costumes, corroendo tudo aquilo que outrora a fez a grande civilização do mundo antigo. A queda do império Romano, serve de metáfora, no livro, para nos lembrar que às vezes, a história pode se repetir, não de forma idêntica, más como uma espécie de remontagem de uma peça trágica, só que com atores diferentes. Todos os nossos problemas de hoje, são previstos por ele, como uma grande descida a barbárie, por meio de uma doença moral e espiritual que nos abateu e assim como fez com a grande civilização do passado, ameaça por fim a nosso civilização ocidental, que não por acaso, é herdeira cultural do império romano. Um livro obrigatório, para todos que tem interesse em entender as raízes das nossas mazelas atuais.


Por: André Ricardo


Recife - PE

Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário